Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2009

A Rosa de Hiroshima

Imagem
Pensem nas crianças
Mudas telepáticas
Pensem nas meninas
Cegas inexatas
Pensem nas mulheres
Rotas alteradas
Pensem nas feridas
Como rosas cálidas
Mas, oh, não se esqueçam
Da rosa da rosa
Da rosa de Hiroshima
A rosa hereditária
A rosa radioativa
Estúpida e inválida
A rosa com cirrose
A anti-rosa atômica
Sem cor sem perfume
Sem rosa sem nada

Comentários do Professor e Palestrante Paulo Barreto

Hiroshima, 6 de Agosto de 1945, 8h15
Vinícius de Moraes e Gerson Conrad criaram uma música em memória deste momento. Chamaram-lhe Rosa de Hiroshima. A interpretação dos Secos e Molhados pela voz fabulosa de Ney Matogrosso tornou-a num ícone...

Ao escutarmos essa linda musica somos tocados pela lembrança de uma epoca horrivel, pelas pessoas afetadas, pelas mortes, e que ate hoje tem problema por causa disso, pelo sofrimento de um povo... sofrimento que não desejamos para nenhum povo.
Talvez seja a hora de pararmos e pensarmos antes da terceira querra mudial e cobrar mais dos nossos políticos e do…

A Rosa

Imagem
Um certo homem plantou uma rosa e regou-a convincentemente, e antes de desabrochar, ele examinou-a. Ele viu o rebento que iria florir em breve e também os espinhos.

E pensou, "Como pode uma flor bonita vir de uma planta carregada de tantos espinhos?"...

Entristecido por este pensamento, ele deixou de regar a rosa, e antes de estar pronta a florir, ela morreu.

Assim se passa com muitas pessoas. Dentro de cada alma está uma rosa. As qualidades Divinas plantadas em nós à nascença crescem entre os espinhos dos nossos defeitos.

Muitos de nós nos analisamos e só vemos os espinhos, os defeitos. Desesperamos, pensando que nada de bom poderá possivelmente sair de nós. Negligenciamos a regra do que há de bom dentro de nós, e eventualmente isso morre.

Nunca nos chegamos a perceber o nosso potencial. Algumas pessoas não veem a rosa dentro delas próprias; é preciso alguém lhes mostrar.

Uma das maiores bênçãos que uma pessoa pode possuir, é ser capaz de passar pelos espinhos e encon…