Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2010

O Casamento

Imagem
Naquela noite, enquanto minha esposa servia o jantar, eu segurei sua mão e disse: "Tenho algo importante para te dizer". Ela se sentou e jantou sem dizer uma palavra. Pude ver sofrimento em seus olhos.
De repente, eu também fiquei sem palavras. No entanto, eu tinha que dizer a ela o que estava pensando. Eu queria o divórcio. E abordei o assunto calmamente.

Ela não parecia irritada pelas minhas palavras e simplesmente perguntou em voz baixa: "Por quê?"

Eu evitei respondê-la, o que a deixou muito brava. Ela jogou os talheres longe e gritou "você não é homem!" Naquela noite, nós não conversamos mais. Pude ouví-la chorando. Eu sabia que ela queria um motivo para o fim do nosso casamento. Mas eu não tinha uma resposta satisfatória para esta pergunta. O meu coração não pertencia a ela mais e sim a Jane. Eu simplesmente não a amava mais, sentia pena dela.

Me sentindo muito culpado, rascunhei um acordo de divórcio, deixando para ela a casa, nosso carro e 30% d…

O jardineiro

Imagem
Olá, meus amigos(as)

Segue uma linda mensagem para reflexão e boa leitura.
Um dia, o executivo de uma grande empresa contratou, pelo telefone, um jardineiro autônomo para fazer a manutenção do seu jardim.
Chegando em casa, o executivo viu que estava contratando um garoto de apenas 15 ou 16 anos de idade. Contudo, como já estava contratado, ele pediu para que o garoto executasse o serviço.
Quando terminou, o garoto solicitou ao dono da casa permissão para utilizar o telefone e o executivo não pôde deixar de ouvir a conversa.
O garoto ligou para uma mulher e perguntou: “A senhora está precisando de um jardineiro?”
“Não. Eu já tenho um”, foi a resposta.
“Mas, além de aparar a grama, frisou o garoto, eu também tiro o lixo.”
“Nada demais, retrucou a senhora, do outro lado da linha. O meu jardineiro também faz isso.”
O garoto insistiu: “eu limpo e lubrifico todas as ferramentas no final do serviço.”
“O meu jardineiro também, tornou a falar a senhora.”
“Eu faço a programação de atendimento, o…

Carta Para a Diretora Sandra Simões da FTS

Imagem
Carta escrita pelo aluno/professor Paulo Barreto no dia 26/05/06 para a Diretora Sandra Simões da Faculdade FTS agora (Anhanguera),
Como vai tudo bem contigo, Gostaria de compartilhar com a minha amiga as minhas conquistas acadêmica. Como você sabe me formei em Administração de Empresas e acabei de terminar o meu curso de Pós- Graduação em Gestão Estratégica de Negócios pelo Instituto Nacional de Pós-Graduação - INPG, bem como estou fazendo um curso de MBA focado em Gestão Estratégia de Negócios.
Venho desenvolvendo um trabalho voluntário na Faculdade da Maturidade (FTS) dando aula sobre Ética na Maturidade, colaborando com a direção para montar a associação de ex-alunos e participando da Empresa Júnior (que muito me orgulha).
É o meu primeiro trabalho acadêmico como professor e estou de corpo e alma neste projeto, afinal é pura doação de amor e carinho.
Você como ninguém sabe da grandeza deste projeto, que foi desenvolvido pelo professor Altair com apoio da nossa instituição e Prefeitura, …

Os quatros tipos de profissionais

Imagem
O “querer” não pode ser compartilhado – no máximo ele poderá ser estimulado. Eu posso dividir com você a alegria do nascimento de um filho, o prazer de compartilhar um bom almoço... São coisas que nos deixam felizes. Mas eu não consigo fazer você querer melhorar seu relacionamento com seu chefe – esse processo é individual, é seu – você quer ou não quer.
Um exemplo claro deste “querer” ocorreu recentemente, por ocasião da Copa do Mundo. O que diferenciou a forma de jogo dos holandeses dos brasileiros? Foi a motivação. Foi o compromisso com os objetivos estabelecidos, foi o querer vencer! Comprovou-se ali que não adianta propagar uma imagem de “melhores do mundo”, se não nos investirmos da responsabilidade que este “ser melhor” nos delega. Aqui ou no campo de futebol, ser o melhor é ser responsável por garantir o melhor resultado. E para ser o melhor e obter o melhor resultado, eu preciso querer muito!
Ninguém é o melhor à toa – essa é uma construção extensa e que, como foi demonstrado n…

O Pardal e Águia

Imagem
O sol anunciava o final de mais um dia e lá, entre as árvores, estava Andala, um pardal que não se cansava de observar Yan, a grande águia.
Seu vôo preciso, perfeito, enchia seus olhos de admiração.
Sentia vontade em voar como a águia, mas não sabia como o fazer.
Sentia vontade em ser forte como a águia, mas não conseguia assim ser.
Todavia, não cansava de segui-la por entre as árvores só para vislumbrar tamanha beleza...
Um dia estava a voar por entre a mata a observar o vôo de Yan, e de repente a águia sumiu da sua visão.
Voou mais rápido para reencontrá-la, mas a águia havia desaparecido.
Foi quando levou um enorme susto: deparou de uma forma muito repentina com a grande águia a sua frente.
Tentou conter o seu vôo, mas foi impossível, acabou batendo de frente com o belo pássaro.
Caiu desnorteado no chão e quando voltou a si, pode ver aquele pássaro imenso bem ao seu lado observando-o.
Sentiu um calafrio no peito, suas asas ficaram arrepiadas e pôs-se em posição de luta.