Qualidade 16 de 21 - Responsabilidade

“O sucesso em qualquer escala importante exige que você aceite a responsabilidade... Em última análise, a única qualidade que toda pessoa bem-sucedida possui é a habilidade de assumir responsabilidade.”  (Michael Korda)



Realmente a história da batalha no Álamo nos faz refletir sobre até que ponto estamos comprometidos com as responsabilidades que assumimos ou as que nos são atribuídas. No caso do jovem James Bonham e todos os seus companheiros, eles não apenas cumpriram a missão, mas assumiram a responsabilidade com suas próprias vidas.

No entanto, como citado por Maxwell em seu livro “As 21 Indispensáveis qualidades de um líder”, “é raro em nossa cultura atual vermos o tipo de responsabilidade demonstrada por James Bonham e seus companheiros. Hoje as pessoas concentram-se mais em seus direitos do que em suas responsabilidades.

Creio que muitas vezes as pessoas utilizam mecanismos de proteção que as fazem se esquivarem de assumir determinadas responsabilidades. O medo da perda ou do fracasso faz com que muitos não façam o que deve ser feito e acabam adotando uma postura de vítima. Tal atitude pode resultar num certo conforto momentâneo e a equivocada percepção de que a responsabilidade desaparece. Mas isto não ocorre. Esta omissão tem suas conseqüências. A responsabilidade continua existindo independente de qualquer coisa e, aqueles que a assumem de fato fazem toda diferença e se tornam verdadeiros protagonistas de suas vidas. 

Quantos exemplos existem no mundo de pessoas que se destacam se tornando lideres que influenciam muitos outros por sua habilidade de assumir responsabilidades. Estas pessoas ganham oportunidades, aprendem, mudam suas e nossas vidas.

Enfim, o sucesso em qualquer área da vida, passa pela decisão de aceitar e assumir responsabilidades. Segundo o escritor francês Alfred Montaper a base da evolução e da realização do ser humano está na decisão de assumir responsabilidade. Ele também afirma que “somos totalmente responsáveis pela qualidade da nossa vida e pelo efeito exercido sobre os outros, construtivo ou destrutivo, quer pelo exemplo quer pela influência direta”. Portanto, é importante aproveitar este momento para refletir sobre tudo isso.

Reflexão

Você percebe que em todos os papeis que exerce na vida, sempre existem responsabilidades associadas? Quais são essas responsabilidades?

Como estas responsabilidades estão sendo assumidas e quais as ações e resultados que você tem obtido?

Você tem sido uma pessoa proativa e que assume responsabilidade? Qual a influência que você tem exercido sobre as pessoas que estão a sua volta?

Observe as seguintes características citadas por Maxwell das pessoas que assumem responsabilidade e dê uma nota para você de uma escala de 1 a 10 para cada característica listada abaixo:

Pessoas que assumem responsabilidades...


1.  Executam a tarefa com empenho 
Em um estudo sobre milionários que se fizeram por esforço próprio, o Dr. Thomas Stanley, da Universidade da Geórgia, descobriu que todos têm uma coisa em comum: trabalham duro. Ninguém pode alcançar seu potencial máximo fazendo o mínimo.



2. Estão dispostas a ir além 
Pessoas responsáveis nunca reclamam: "Isso não é trabalho meu". Estão dispostas a fazer o que for preciso para finalizar o trabalho.



3. São impelidas pela excelência
A excelência é um grande agente motivador. Faça da alta qualidade seu objetivo, e a responsabilidade virá naturalmente.



4. Produzem resultados independentemente da situação 
A qualidade mais importante de uma pessoa responsável é a capacidade de concluir. Creio que você já ouviu a frase: “precisamos ter menos iniciativas e mais ações conclusivas”. A responsabilidade leva as pessoas a não desistirem até a conclusão.


Gilbert Arland aconselha: "Quando um arqueiro erra o alvo, ele revê a ação e procura a falha em si mesmo. O fracasso em atingir o centro do alvo nunca se deve ao alvo”.

Para melhorar sua pontaria reflita:

Os outros o vêem como alguém que conclui tarefas e acerta o alvo?

As pessoas olham para você como alguém capaz de tomar as rédeas em situações de pressão?

Você é conhecido pela excelência, isto é, pela qualidade dos serviços que realiza?

Com base em suas notas você pode analisar cada item através da pergunta, o que posso fazer de diferente e melhor a partir de agora?

Certa vez ...

Um funcionário com muitos anos de empresa estava irritado porque um jovem recém contratado foi indicado pelo líder para uma vaga à qual o antigo empregado pleiteava. Essa vaga implicaria em aumento salarial e responsabilidades adicionais equivalentes. O líder ao ser questionado pelo funcionário mais antigo propôs uma tarefa:

– Há um vendedor de frutas parado aí do outro lado da rua. Por favor, veja quanto está o abacaxi.

Muito a contra gosto e até um tanto indignado pelo estranho pedido, o funcionário foi e voltou quase uma hora depois. Assim que entrou na sala, o líder perguntou:

– Qual é o preço unitário do abacaxi pérola?

– Não sei se era o pérola, mas o que ele tem custa R$3,00.

– Ele fornece para empresas?

– Não sei.

Então, o líder pediu que o funcionário mais velho aguardasse e mandou chamar o mais novo.

Apresentando-se este, o líder pediu para que realizasse a mesma tarefa: saber o preço do abacaxi. 

Depois de trinta minutos, o funcionário entrou na sala e o líder fez a mesma pergunta:

– Qual é o preço unitário do abacaxi pérola?

– São R$3,00.

– Ele fornece para empresas?

– Sim. Dei meu cartão e fiquei com o contato dele.

– Ele oferece algum desconto?

– Para compras acima de 100 unidades ele oferece 20% de desconto para o pérola e 25% para o cayenne.

– Em quanto tempo ele entrega?

– Até as 8h do dia posterior ao pedido.

– Há mais alguma coisa que eu precise saber?

– Ele também fornece outras frutas e dá descontos conforme a fruta, a quantidade pedida e a disponibilidade.

Creio que a estória acima ilustra muito bem o que refletimos hoje.

Abraços e boas reflexões.

Texto baseado no livro “As 21 indispensáveis qualidades de um líder” de John C. Maxwell.

Roberto Kanashiro
Executivo de Contas e Professional & Life Coach
robertokanashiro@uol.com.br


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parábola Hindu – Os Cegos e o Elefante

O prego e o Martelo

A lenda dos Dez Pergaminhos