A Fábula do Porco-Espinho

Durante a era glacial, muitos animais morriam por causa do frio.
Os porcos-espinhos, percebendo a situação, resolveram se juntar em grupos, assim se agasalhavam e se protegiam mutuamente, mas os espinhos de cada um feriam os companheiros mais próximos, justamente os que ofereciam mais calor.
Por isso decidiram se afastar uns dos outros e começaram de novo a morrer congelados.
Então precisaram fazer uma escolha: ou desapareciam da Terra ou aceitavam os espinhos dos companheiros.
Com sabedoria, decidiram voltar a ficar juntos.
Aprenderam assim a conviver com as pequenas feridas que a relação com uma pessoa muito próxima podia causar, já que o mais importante era o calor do outro.
E assim sobreviveram.

Moral da História
O melhor relacionamento não é aquele que une pessoas perfeitas, mas aquele onde cada um aprende a conviver com os defeitos do outro, e admirar suas qualidades.

Comentários do Professor e Palestrante Paulo Barreto

No caminho da vida encontramos muitos espinhos e nem sempre encontramos a saída certa, por isso devemos nos lembrar que a vida é como uma rosa: no começo tem sempre espinhos, mas quando vai chegando no final encontramos a reconpensa que é aquela rosa linda e cheirosa que nos dá alívio e a paz de um novo recomeço!!!


Comentários

  1. Quando dois seres ficam juntos, apesar dos momentos de tormenta, assim como o texto acima descreve, apesar de tudo de ruim que um ser tenha temos que aprender a conviver com o outro pois a união faz a força de um todo,unidos conseguimos muito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Relmente você tem razão, apesar dos percalços temos que aprender a conviver Bem e Melhor com as pessoas. Obrigado pelo feedback!

      Excluir
    2. OLÁ PROFESSOR,
      SOBRE A FÁBULA DO PORCO-ESPINHO QUERIA DEIXAR MEU PONTO DE VISTA.
      ATÉ EM MEU CASAMENTO ENCONTRO DIFERENÇAS QUASE TODOS OS DIAS, MAS SEM AS DIFERENÇAS NÃO ESTARIA COMPLETANDO 17 ANOS DE CASADO.
      DESDE QUE MUNDO É MUNDO E PESSOAS SE RELACIONAM , INDEPENDENTEMENTE DE QUAL SEJA A RELAÇÃO, TEMOS DE LIDAR COM DIFERENÇAS, PARA QUE HAJA SUCESSO E CRESCIMENTO, TANTO PESSOAL COMO ESPIRITUAL, COMERCIAL ETC.

      ALDO DE OLIVEIRA (aldo.oliveira@aedu.com)
      ALUNO 1ª SÉRIE CIÊNCIAS CONTÁBEIS SALA 25 ANO:2012

      Excluir
    3. Bom dia Aldo,

      Realmente você tem toda razão, precisamos saber lidar com as diferenças, para que possamos crescer pessoalmente e profissionalmente. Continue postando, lendo e multiplicando.

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado pela participação!!!

Postagens mais visitadas deste blog

A lenda dos Dez Pergaminhos

Parábola Hindu – Os Cegos e o Elefante

O prego e o Martelo