O tesouro escondido


O tesouro escondido O dono de um pequeno comércio, amigo do grande poeta Olavo Bilac, certo dia abordou-o na rua e disse:


- Sr. Bilac, estou precisando vender o meu sítio, que o Senhor tão bem conhece. Poderá redigir o anúncio para o jornal?

Olavo Bilac apanhou o papel e escreveu:

"Vende-se encantadora propriedade, onde cantam os pássaros ao amanhecer no extenso arvoredo, cortada por cristalinas e marejantes águas de um ribeiro. A casa, banhada pelo sol nascente, oferece a sombra tranqüila das tardes na varanda".

Meses depois, o poeta se encontra casualmente com o homem e pergunta-lhe se havia vendido o sítio.

- Nem pense mais nisso, disse o homem. Quando li o anúncio é que percebi a  maravilha que tinha!

Moral da história

Às vezes não descobrimos as coisas boas que temos conosco e vamos longe atrás da miragem de falsos tesouros.

Valorize o que tem, as pessoas, os momentos , a vida, você próprio, e......... descobrirá o que é felicidade!

Desconheço a autoria do texto: Caso você conheça o autor, entre em contato que lhe darei os devidos créditos.

Comentários

  1. Professor
    Gostaria de lhe agradecer por este semestre que o senhor transmitiu bastantes coisas para nós e um excelente ensino com a sua didática, entusiamos e motivação. Você é um professor diferenciado da UNIP de Tatuapé!!!
    Continue essa pessoa motivadora e alegre.
    Você é um ótimo profissional aos poucos ganhou seu espaço e o respeito como professor e amigo.
    Tamiris G. Ferreira - Unip Tatuapé (Curso de Administração).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tamiris, muito obrigado pelo carinho e apoio constante.

      Excluir
  2. CONCORDO PLENAMENTE.

    SÓ VALORIZAMOS O QUE TEMOS, QUANDO PERDEMOS.
    POR ISSO DEVEMOS FICAR ATENTOS E OBSERVAR MELHOR TUDO AO NOSSO REDOR, PARA NÃO PERDERMOS AS MELHORES OPORTUNIDADES.

    ABRAÇO PROFESSOR.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Aldo obrigado pelo feedback... e temos que valorizar mais as pessoas que estão do nosso lado...

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado pela participação!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Parábola Hindu – Os Cegos e o Elefante

O Caderno - Letra da Música do Padre Fábio de Melo

O prego e o Martelo