O duelo da moda





Produção Sustentável: Prada, Chanel e Dolce & Gabbana aparecem em último lugar.

A ONG Greenpeace Itália, divulgou o ranking Duelo da Moda, que revela grandes diferenças entre as políticas de adequação ambiental de marcas de alta costura. A maioria continua utilizando produtos tóxicos que poluem as águas e couro vindo de áreas desmatadas ilegalmente. Poucas têm planos de mudar de atitude.

O ranking propoe uma disputa entre as marcas por uma produção mais sustentável. Por enquanto, a grife italiana Valentino lidera a lista, já que se comprometeu a eliminar todos os lançamentos de produtos químicos tóxicos em toda a sua cadeia de fornecimento. Enquanto isso, seis diferentes marcas famosas como Prada, Chanel, Hermès e Dolce & Gabbana aparecem em último lugar por não tomarem qualquer decisão sobre melhorias em suas políticas ambientais.

Ao todo, 15 marcas italianas e francesas foram classificadas, com base em uma pesquisa sobre três seções das cadeias de fornecimento global das empresas: couro, papel e celulose, e poluição tóxica da água. A indústria têxtil é uma das principais fontes de poluição da água em países como China e México. Além disso, florestas de valor insubstituível estão sendo transformadas em embalagens descartáveis ​​e produtos de consumo, enquanto que, na floresta amazônica, grandes áreas são destruídas para dar lugar ao gado, utilizado posteriormente para a produção de sapatos, bolsas e cintos.

“As marcas que falharam na classificação, como a Louis Vuitton, são tendências globais da moda, mas elas também têm agora uma oportunidade para se tornarem líderes ambientais. Elas devem tomar medidas urgentes e transparentes para eliminar a liberação de substâncias químicas perigosas ao longo da sua cadeia de suprimentos e de produtos, e colocar em prática medidas concretas para evitar a contaminação da cadeia de fornecimento com a destruição florestal”, disse Chiara Campione, do Greenpeace Itália.

Vejam a lista completa em: http://en.thefashionduel.com/ranking/

Tratar de sustentabilidade (responsabilidade econômica, social e ambiental) não é mais papo de hippie, virou assunto de gente grande, inúmeras empresas são denunciadas diariamente por ONGs alertando suas irresponsabilidades, gerando impacto em suas receitas, por isso, a gestão sustentável virou pauta dos conselhos administrativos e diretorias executivas.

Fonte: texto: http://www.greenpeace.org/brasil

Texto desenvolvido pelo Professor Alex Sandro da Universidade Nove de Julho - Univove


Comentários

  1. olá professor, parabéns pela importante palestra ministrada na Faculdade, foi um sucesso!! você é um cara fantástico!! um abraço.

    Graciele (UNIP)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado pela participação!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Parábola Hindu – Os Cegos e o Elefante

O prego e o Martelo

A lenda dos Dez Pergaminhos