Para que serve o Feedback?



As empresas investem em tecnologia de ponta, em melhoria na produção de seus produtos, falam constantemente em qualidade de vida no trabalho, em times, em equipes... Mas hoje, em especial, se fala muito sobre valorização do ser humano. A chamada Qualidade Humana. No entanto, a comunicação, item fundamental para a melhoria na qualidade das relações ainda é um dos fatores que necessitar de muito aprimoramento. O ato de dar e receber feedback ainda é um problema para muitos gestores e seus subordinados.

Para que serve?
O feedback serve para esclarecer aos colaboradores os pontos a serem trabalhados. Aponta qualidades e deficiências na execução do trabalho, pode explicar novas formas de execução das tarefas e sugerir mudanças. Tem como objetivo rever atitudes inadequadas; e pode também ser considerada uma excelente ferramenta para reforçar comportamentos apropriados, atitudes inovadoras e criativas.

Verdades e Mentiras Sobre Dar e Receber Feedback

Quem deve dar feedback é o gestor?
Verdade. Geralmente é um papel destinado ao gestor, que deve criar um clima de respeito e confiança para evitar constrangimentos e implicações emocionais, como ressentimento e hostilidade.

Feedback é bronca?
Mentira. Não é, mas talvez seja considerada uma espécie de “chamada de atenção”, pois alguns gestores ainda não conseguem trabalhar o lado positivo da abordagem, o que requer equilíbrio emocional.

É possível receber um feedback positivo?
Verdade. Sim, o gestor deve dar o feedback sempre de maneira construtiva e equilibrada. Uma má notícia pode ser analisada e discutida com o subordinado e, juntos, chegar-se a um consenso. Apenas conversando de forma civilizada. Conversas podem ser positivas e descontraídas, o feedback também.

Alguns gestores usam o feedback de maneira antiética?
Verdade. Não necessariamente um gestor. No entanto, algumas empresas optam por delegar o feedback a pessoas despreparadas. Que, por sua vez, acabam não sabendo equilibrar razão e emoção.

O feedback realmente funciona?
Verdade. Se a pessoa que recebe o feedback for madura o suficiente para enxergar que se trata de uma espécie de “consultoria individual”, com toda certeza terá muito a lucrar.

O feedback desmotiva?
Mentira. Na maioria das vezes impulsiona a equipe. Estimula a participação e melhora o clima organizacional. Agora, para quem já está desmotivado pode ser uma arma letal.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A lenda dos Dez Pergaminhos

Parábola Hindu – Os Cegos e o Elefante

O prego e o Martelo